PREFÁCIO

Quando me separei, em 2005, minha filha tinha apenas um ano e meio. As primeiras postagens falam mais do processo de reconstruir a vida, tanto a vida pessoal quanto a vida de aprendiz de pai sem a presença da mãe. Agora, compartilho algumas descobertas, incertezas, dúvidas e aventuras que aparecem pelo caminho de nós dois. E a cada dia vejo que sou muito sortudo de ter a companhia que tenho.

Bem vindos ao manual do pai solteiro !

quarta-feira, 24 de julho de 2013

DICAS DO MANUAL

Homem tem que ter pegada, é o que elas dizem. Nada mais frustrante quando esperam da gente uma atitude e ...nada. Não conseguimos. Não dar conta desses pequenos privilégios masculinos, que inclui matar barata e pagar a conta no primeiro encontro não é lá muito abonador. A historinha abaixo é pra livrar o pai, homem da casa, chefe de família de um comum embaraço.


Um comentário:

Alessandra Gardezani disse...

Boa tarde,
Tudo bem?
Meu nome é Alessandra e estou fazendo uma matéria para o jornal Shopping News com diversos perfis de pais, e gostaria de contar sua história como pai solteiro. Como posso entrar em contato com você?
Segue meu email: alessandraga@dci.com.br
ou 11 5095-5328
Obrigada!