PREFÁCIO

Quando me separei, em 2005, minha filha tinha apenas um ano e meio. As primeiras postagens falam mais do processo de reconstruir a vida, tanto a vida pessoal quanto a vida de aprendiz de pai sem a presença da mãe. Agora, compartilho algumas descobertas, incertezas, dúvidas e aventuras que aparecem pelo caminho de nós dois. E a cada dia vejo que sou muito sortudo de ter a companhia que tenho.

Bem vindos ao manual do pai solteiro !

domingo, 18 de março de 2012

ESTAMOS NO JORNAL O TEMPO

Pais separados dividem cada vez mais a educação dos filhos
LEIA A MATÉRIA DE JOELMIR TAVARES

Nenhum comentário: